28 junho 2008

Quero chegar


Decidi virar a noite, comer chocolate na hora que me der na telha, tomar banho de chuva sem medo de gripe, lavar o cabelo de madrugada e sair com pessoas legais aleatoriamente, só pra conversar.
Não vou mais planejar mil coisas - para depois me frustrar quando mil e uma dão errado.
Decidi mudar de idéia, mesmo quando parecer absurdo.
Vou olhar para outros lados, pensar em coisas antes impensáveis.
Vou ler um pouco sobre tudo, ouvir o que me disserem que é bom.
Não vou discutir com minha mãe, se ela der sermão, sei que estou certa. XD
Vou manter a calma, contar até 10, até 1000 se for preciso.
Vou falar menos. Comer menos - exceto chocolate. ;D

Vou sair sem rumo, pegar um ônibus desconhecido, ir ao fim da linha, puxar assunto com um estranho...

Vou viver como uma personagem inconsequente, mas sempre terei minhas responsabilidades em mente.

Vou arriscar, e se perder, vou continuar.

Não vou mais fingir estar feliz quando não estiver, vou me isolar, pois sei que as pessoas não têm culpa do meu mau-humor - e na verdade, queria que todos agissem assim.

Quero seguir, sem olhar pra trás. Quero voar pra bem longe, ir aonde nunca pensei que iria.

E quero apenas chegar... Em algum lugar que me faça bem.

Um comentário:

Pedro disse...

Por que ninguém comentou esse??? Ele é tão sublime, tão fofo até, eu diria! ^^
Virar a noite, comer chocolate quando der na telha, pegar ônibus desconhecido, puxar assunto com um(a) desconhecido (nossa, adoro isso!), me isolar quando de mau-humor... atitudes interessantes que podem dar à vida um gostinho melhor... certeza que gostei muito deste post. =)