06 maio 2009

Soneto do passado

Olá pessoas! 

Quero agradecer aos comentários na última postagem, me deixaram emocionada... =')

E antes que me perguntem porque demorei a atualizar o blog, devo dizer que foi por uma boa causa.
Lembram do projeto do blog sobre propaganda e TV?, poizé, ele está a caminho, quase no ponto! Já está acertado o endereço, mas ainda não vou divulgar porque tô insatisfeita com alguns detalhes, embora alguns venham a considerar bobagem, sou bastante perfeccionista para mostrar algo e depois ficar mudando, portanto, só vou divulgar quando estiver do jeito que quero. E já com pelo menos duas postagens bem interessantes.
Me dediquei muito a isso na última semana, estou aprendendo com meus erros pois não tinha noção de como era trabalhar em outra plataforma que não esta, Blogger, que estou bastante acostumada. Tô relembrando também um monte de coisas que aprendi na faculdade e já tinha esquecido. =X

Por dica de um certo alguém, migrei para o wordpress e, por causa dessa pessoa também, estou vislumbrando voos mais altos. 
Nem vou dizer que foi o Pedro... Hehe ;)

Mas enfim, aqui não cabe ficar falando sobre isso, portanto, vou responder a uma dúvida recorrente nos comentários sobre o prêmio TOP BLOG.
Na verdade, até ontem, ainda não dava para votar em nenhum blog, mas agora já é possível. Basta clicar nesse selo que tem aqui na barra lateral que você é redirecionado para o portal TOP BLOG e pode votar a favor do 'Coisas da Mara'. Se não me engano, eles pedem apenas o nome e o e-mail, é bem rápido.

Agradeço a quem votar! =)

E, por falar em novidade, recomendo um blog super legal que entrou no ar dia desses. Para manter o mistério, não vou dizer o nome do (a) proprietário (a), mas não será difícil descobrir com o passar do tempo, para os mais íntimos. =P

Trata-se de uma espécie de livro, cujas postagens são os episódios da vida de uma garota chamada Natasha, que mora em Fortaleza.
É super, super bem escrito mesmo, vale a pena conferir:


Outro ponto positivo no blog é o visual dele, está super lindo! *-*

Hoje não tô com muita ideia do que escrever, então vou colocar abaixo um soneto que escrevi quando tinha 16 anos, e com ele fiquei em segundo lugar num concurso promovido pelo grupo Shalom.




Insegura

A noite escura da janela
Um turbilhão em minha mente
Meu coração despreparado
E você surge de repente

Me envolvendo em seu abraço
Me ganhando a cada dia
Oh! meu Deus, o que eu faço?
E você, o que faria?

Sem pensar, só quero agir
Se não agora, nunca mais
Amanhã é outro dia

O hoje não se refaz
Numa fuga muito lenta
Um decisão atenta: Desistir, jamais!

O título do Soneto é algo que me representa bastante. Foi escrito numa época em que minha insegurança era ainda pior do que atualmente.
Hoje em dia não tenho escrito mais poesias, me fixei muito mais na prosa, em especial nos contos e nas crônicas.
Um dia hei de lançar algum livro, mas para isso preciso acreditar um pouco mais no que faço, a Swu comentou que meu jeito de escrever é dinâmico e remete à literatura infanto-juvenil, tipo Pedro Bandeira. Deve ser porque cresci lendo os livros dele... Mas o fato é que não sei se quero manter essa linha juvenil, queria redigir algo mais maduro, e por conta dessa cobrança comigo, acabo nem fazendo nada. T.T
Já contei que comecei a digitar em torno de 5 romances e não terminei nenhum? Acho que todos estão hoje num buraco negro, pois cometi o erro de não fazer back up, e nas formatações da vida, se perderam... :\ 
Mas enfim, passado é passado, eu sei que com algum esforço, posso fazer melhor.

E quem nunca disse essa frase: um dia ainda lanço um livro?

Basta ver no orkut, nas comunidades com esse título, a quantidade de pessoas que  têm esse desejo. Agora fica a dica de ouro para quem leva esse sonho a sério (segundo me repassou um amigo da facul, que já tem 3 livros publicados):

Não espere até amanhã para começar o seu romance. Comece-o hoje, agora. E não fique mais de dois dias sem adicionar conteúdo ao texto, se não você vai esquecer o que escreveu e pode cair em contradição. Ou pior: vai perder o gosto por sua história.
Procure na internet concursos literários, participe de todos que puder. Alguns podem demorar, mas quando aparecerem, vão exigir do participante um romance já pronto, e o seu precisa estar ok. Então, volto a frisar: não espere o concurso aparecer para dar início ao livro. Esteja com o livro pronto, quando as inscrições forem abertas voce já terá material para concorrer.

Dicas preciosas, hein?
Eu bem que deveria segui-las... hahaha '-'

Galera, vou ficando por aqui, aguardem que, em breve, estarei mudando o visual do Coisas da Mara, deixando-o mais bonitinho... ^^
E não esqueçam de votar (por livre e espontânea pressão.. xD)!

Super beijo e até a próxima.