16 agosto 2011

Convite para Autorreflexão

Hoje eu tive a grata surpresa de encontrar essa entrevista no You Tube e, de tão especial que se mostrou pra mim, resolvi compartilhar com vocês.

Espero sinceramente que escutem com atenção às sábias palavras do professor Raul Teixeira e façam uso delas em vossas vidas:



Que tal fazer um autorreflexão? Eis uma excelente oportunidade!

Tenham uma semana iluminada e cheia de Amor!

3 comentários:

Maraysa Carvalho disse...

Para quem não teve coragem de clicar nos vídeos e assisti-los, deixo aqui algumas citações relevantes para despertar a curiosidade em vocês:

"A Virtude é a disposição da Alma em agir no Bem."

"O Saber não está acima da Virtude, pois toda Virtude exige um Saber.

"A real Bondade pressupõe um conhecimento."

"A virtude moral depende do progresso intelectual."

"A Virtude é a capacidade de fazermos escolhas. Se eu não sei, como é que escolho?"

"Quando uma pessoa é virtuosa sem um Saber, ela se torna tola. Ela pratica a bondade vazia, quando a verdadeira Bondade deve ser lúcida."

O conceito de Justiça só tem sentido quando existe Amor, pois sem o Amor ela é cruel e vingativa.

Repito: vale a pena assistir aos vídeos! ;)

Beijinhos!

Luiz disse...

Oi Maraysa, estou passando por aqui também. Conheço esse programa, já vi o Divaldo falando sobre assuntos muito interessantes. Esses oradores espíritas mais reconhecidos são tão sábios que fico maravilhado pensando o quanto ainda sou ignorante e o quanto tenho que evoluir. Graças a Deus que estes missionários vêm ao nosso planeta para nos mostrar o caminho do bem. Agradeço muito por ser espírita, por ter conhecimento, porque não sei o que seria de mim hoje se não fosse. A verdade é que certo momento da minha vida, quando tudo estava indo bem, minha mãe sempre me falava nas reuniões do evangelho no lar, em casa, que sentia um espírito que me dizia "faça caridade". Eu, muito de bem com a vida na época, no primeiro ano de faculdade, tudo maravilha, não dava importância a isso. Eu havia deixado de ser voluntário na Associação Espírita de Americana (SP) há vários anos. Como consequência da falta de compromisso com o bem, e claro, uma hora as dificuldade tinham que aparecer, eu caí. E agora eu estou aqui, procurando fazer o bem, me vigiando, tentando não julgar as pessoas, enfim, pequenas coisas no cotidiano que fazem a diferença, mas que ainda são tão difíceis de serem seguidas à risca nessa sociedade tão perturbada que a gente vive. Mas vamos todos, um passo de cada vez para não se atropelar e desequilibrar novamente, a caminho da evolução e rumo à condição de Mundo de Regeneração. E mais importante do que falar, é FAZER!
Aliás, falei demais, né Maraysa?
hauhauha um abraço, prazer em te conhecer e obrigado pelo espaço ;D
Deus te ilumine sempre.

Maraysa Carvalho disse...

Obrigada, Luiz, vc não imagina como suas palavras me fizeram bem, e não achei que foram demais, viu? Haha. Eu adoro quando encontro pessoas assim, dispostas a compartilhar suas histórias com os outros, sempre na intenção de deixar um exemplo, que nunca é em vão.
Tenha certeza que seu relato já começou a fazer diferença na vida de alguém!

Forte abraço!