02 abril 2012

Alguém sabe?



O que se passa quando não estais lá? Será que transitas pelo universo, pula entre as estrelas, passeia em nuvens macias? 

Será que nos visita quando sonhamos?

Quais são seus pensamentos quando nos observa? Aprovaria nossas decisões?
Estamos tão instáveis, tão confusos, tão incertos. Basta uma lembrança para desencadear uma lágrima; e uma frase para fazer cair um pranto. 

Quanto tempo ainda é preciso para entendermos os propósitos da Vida? Quando teremos alguma resposta?

As perguntas não param de chegar, se multiplicam mais rápido do que somos capazes de administrar. 

Há um motivo, eu sei. E qual será o desfecho? 

Alguém pode me ensinar a conviver com essa saudade? Alguém pode me dar a receita dos fortes? 
Alguém?
.
.
.
Pai?

Nenhum comentário: