15 abril 2014

Medo de brilhar

Ainda bem que eu nunca prometi ser assídua com o blog, porque já estamos em meados do mês de abril e eu não tinha feito nenhuma postagem em 2014. Caramba, daqui a pouco o semestre termina! O tempo está mesmo muito acelerado... 

Já aconteceu tanta coisa nesse meio tempo que uma única postagem seria pouco para dar conta. Ainda falta eu fazer a lista com as músicas mais ouvidas de 2013 e relatar um pouco da minha rotina vegetariana. Tenho boas histórias para compartilhar! Além disso, quero trazer algumas dicas de filmes e livros. Farei as publicações o quanto antes, estou com saudades de escrever. 

Por ora, gostaria que vocês lessem essa citação do querido Nelson Mandela. O texto é riquíssimo e me fez refletir bastante:


"Nosso medo mais profundo não é que sejamos inadequados. Nosso medo mais profundo é que sejamos poderosos demais. 
É nossa sabedoria, não nossa ignorância, o que mais nos apavora.
Perguntamo-nos: 'Quem sou eu para ser brilhante, belo, talentoso, fabuloso?' Na verdade, por que você não seria?
Você é um filho de Deus. Seu medo não serve ao mundo. Não há nada de iluminado em se diminuir para que outras pessoas não se sintam inseguras perto de você.
Nascemos para expressar a glória de Deus que há em nós. Ela não está em apenas alguns de nós; está em todas as pessoas.
E quando deixamos que essa luz brilhe, inconscientemente permitimos que outras pessoas façam o mesmo.
Quando nos libertamos de nosso medo, nossa presença automaticamente liberta as outras pessoas."

É assustador quando nos damos conta do nosso potencial. Por que temos tanto medo de brilhar? Ninguém quer ser medíocre, mas a maioria é. O mundo está cheio de pessoas conformadas com suas vidas mecânicas, improdutivas. Contribuição zero para a sociedade. E por quê, se somos deuses de nosso universo? Nós comandamos o nosso destino e somos responsáveis por 90% de tudo que nos acontece, no mínimo. 

Ler esse escrito do Mandela me fez lembrar das tantas vezes em que me omiti por medo de errar, por medo de ser julgada... Preciso ter em mente que o que as pessoas pensam a meu respeito não é mais importante do que aquilo que sou. E esse amontoado de medos só servem para me paralisar, pois não trazem benefício algum. Vou ler e reler essa citação várias vezes por semana. Quem sabe assim eu internalize a mensagem e consiga vencer o meu medo de crescer. Já está na hora. 

Nenhum comentário: