09 março 2015

A música da minha vida

O título parece sensacionalista, mas devo dizer que nos meus 27 anos dessa existência, ainda não encontrei uma música que me tocasse mais. A paz que sinto ao ouvir essa melodia, com piano e flauta de bambu, supera todas as outras que já tenha escutado. 

Ei-la:


Para quem quiser baixar o áudio de um vídeo do youtube (foi o que fiz com essa música), recomendo esse site: www.youtube-mp3.org

E para a viagem ficar completa (sim, eu viajo quando escuto essa canção!), gosto de ouvi-la com barulhinho de chuva, então tem também um site que proporciona isso, é o Rainy Mood.

Como nem sempre dá para acessar à internet, se você tiver smartphone pode baixar um aplicativo super leve que também tem a proposta de oferecer som de chuva a qualquer hora (e ainda tem timer, que desliga após os minutos que você designar). O app é o Mood Rain, procure no Google Play em seu celular, é bem bacana, ótimo para ajudar a dormir e também é excelente para quem gosta de meditar. =]


PS.: Estou super ausente do blog, ainda não fiz a postagem com as músicas mais ouvidas de 2014 e nem contei sobre alguns acontecimentos emblemáticos desde que entramos em 2015. O motivo é pura e simplesmente a falta de tempo, qualquer postagem mais longa me demanda pesquisa, busca de links, a procura por imagens ideais, e daí estou adiando, pelo menos até o próximo mês, quando pretendo retornar. Eu sei que o blog nunca teve a proposta de ser algo super frequente, mas considerei que seria importante esclarecer que não abandonei meu cantinho, esse blog é muito simbólico pra mim. 

Boa semana a todos!

2 comentários:

Vigilius disse...

Aí, Mara, tô chapadão. Que é isso, cara? Que brisa é essa? Tô vendo tudo rosa... não, lilás. Umas abóboras falando comigo sobre inseticida transgênico...

Frescura à parte, mui relaxante a música. Obrigado. É sempre bom ter umas drogas alternativas.

Houve uma época em que eu não entendia o significado de não ter tempo. Hoje eu entendo, e bem. Posso até começar a escrever um TCC sobre não ter tempo. As coisas mudam. Ainda bem.

Maraysa Carvalho disse...

Hahahahaha. Sim, ainda bem mesmo que as coisas mudam. É lindo o dinamismo da vida!

Cara, sério, eu AMO essa música, é perfeita demais. Um dia queria fazer uma tatuagem que simbolizasse a importância dessa música na minha vida. Preciso amadurecer a ideia. hehe
Beijão, Ivu!