12 outubro 2015

É preciso se firmar

Dia desses tive uma dádiva, entrei em contato com uma música que foi certeira, absolutamente genial em revelar uma verdade simples, mas que de tão simples ainda não conseguimos entender. "Para mudar, é preciso estar cansado de sofrer." E, às vezes, só precisamos mesmo agradecer, porque já temos tudo de que necessitamos. Mas aperta o play para cantar junto, porque a melodia é feliz, tem uma batida maravilhosa! Se quiser, dance! Você é livre!



"A rebeldia faz a mente duvidar
e essa dúvida é que faz você sofrer
e só você pode fazer isso mudar
mas é preciso estar cansado de sofrer

Reconhecer que é preciso trabalhar
prestar atenção para poder perceber
pra progredir é preciso se firmar
ter humildade para poder receber

E se abrir para o que é novo penetrar
que a verdade pode então prevalecer
e no silêncio ela começa a germinar
e a natureza que ela vai desenvolver

Até que um dia você vai se admirar
tanta beleza que começa aparecer
tanta alegria pro seu riso iluminar
é tanta luz na essência do seu ser

Se este caminho você começa a trilhar
uma certeza no seu peito vai nascer
que é tanto amor para poder compartilhar
você percebe que só falta agradecer."


Compositores: Chandra e Fernando Beltran



11 outubro 2015

Um brinde

Um brinde aos amores que não foram e nunca serão:
Reais, concretos, diretos, sinceros.
Amores que nunca sequer foram amores, pois não passaram de ilusão.
Amores jamais declarados, apenas pensados e continuamente imaginados.

Nunca foi amor, e nem mesmo paixão, era só carência - com tudo de ruim que vem com ela.


Um brinde ao ciúme, à ideia de possuir aquilo que jamais iremos ter. Um brinde a essa loucura de desejar alguém de forma tão patológica que chega a ser doloroso. E tudo fica meio cinza, porque sabemos que aquele ideal de amor jamais sairá do imaginário. Já sabemos a resposta antes de perguntar. Acorda, não vai rolar. Desencana, não é pra ser. Sai dessa vibe de querer quem não te quer.

É hora de ter um amor de verdade. Será?
Não, talvez ainda nem seja a hora... O momento agora é de aprender a se amar. O amor-próprio ainda é o melhor amor, e você aí, querendo preencher o seu vazio com alguém.

Levanta do chão, entenda que esse sentimento vai passar, como os outros sempre passaram. Tenta ser mais cautelosa na próxima vez, ok?